You are currently viewing COMO A TECNOLOGIA INFLUENCIA OS JOGOS OLIMPICOS: A EVOLUÇÃO

COMO A TECNOLOGIA INFLUENCIA OS JOGOS OLIMPICOS: A EVOLUÇÃO

Desde os primeiros Jogos Olímpicos no século XIX, o maior evento multiesportivo do planeta evoluiu consideravelmente. No artigo de hoje, vamos trazer esse quadro evolutivo e como a tecnologia contribuiu para essa edição histórica de 2020, ocorrendo em 2021. Leia e ao final você vai ter a resposta a essa pergunta: o que tem a Olimpíada a ver com o mundo dos negócios?

A relação entre Olimpíadas e tecnologia sempre foi muito próxima. Se nas primeiras edições os espectadores só podiam contar com fotos em preto e branco e notícias em jornal impresso, hoje eles acompanham todos os esportes simultaneamente de qualquer parte do mundo.

Mas se o espectador está no Japão e se preocupa por não saber uma palavra do idioma, os gadgets de tradução simultânea podem ser a sua solução. Os aplicativos mais recentes estão identificando melhor as vozes e dando resultados mais precisosm, além de maior número de idiomas.

Empresas como a Panasonic também trabalham para desenvolver aparelhos portáteis que traduzem instantaneamente e dispensam a necessidade de celulares e até internet. Tudo para facilitar a vida dos turistas perdidos que querem se comunicar com os locais.

A evolução com tecnologia

A partir da Globalização, a dependência de análises humanas ficou menor. O avanço tecnológico está, principalmente, nas arbitragens e na evolução dos métodos e controles de treinamento. Entre os progressos estão a cronometragem na natação ou atletismo, em que o relógio é automaticamente ativado pelo dispositivo de início, e o tempo final é registrado ou cronometrado por uma análise de uma foto finish, facilitando a averiguação do resultado da prova e dos recordes batidos. O “fotocharge”, conhecido como “tira teima” no voleibol, permite que lances duvidosos que acontecem em alta velocidade sejam, por exemplo, revistos; e o hawk-eye, do inglês olho de águia, torna possível acompanhar, por meio de câmeras de vídeo de alta precisão, a trajetória da bola em toda a área. Em caso de lances duvidosos, a imagem final, em 3D, poderá ser exibida ao público.

Sensores contabilizam e anunciam os vencedores em tempo real com exatidão de milésimos de segundos para evitar quaisquer erros. Pura tecnologia!

A cada edição olímpica, as melhorias são analisadas e levadas para as edições seguintes, num processo de melhoria e superação, selando o pensamento olímpico até nessa área mais esférica.

Além do Showcase da abertura da Olimpíada 2021, todos estão mesmo de olho é nas medalhas, assim, a tecnologia é cada vez mais empregada no uso de dados no treinamento esportivo, ao monitoramento de movimentos e cruzamento de informações para melhorar o desempenho dos atletas. 

Neste ano, a SAP não ficou de fora dos Jogos Olímpicos. A empresa patrocina o triatleta Jan Frodeno, que utiliza a solução chamada SAP Business Technology Platform para analisar os dados sobre seus treinos e descobrir como melhorar seu desempenho na natação, no ciclismo e na corrida.

A Tecnologia e o Tempo nas Olimpíadas

A suíça Omega utiliza pequenos sensores colocados nas camisas de todos os atletas para coletar e analisar dados de desempenho nas provas. São analisados cerca de dois mil conjuntos de dados por segundo, entre eles, velocidade e aceleração. 

Já no vôlei de praia, a empresa utiliza uma câmera com recursos de inteligência artificial em seu software para medir tanto a altura do lançamento quanto do pulo do jogador. Essa técnica não será usada apenas no vôlei. A Omega também utilizará a tecnologia em modalidades como ginástica, natação e ciclismo.

A Alibaba, uma gigante em tecnologia, criou o Alibaba Cloud Pin, como o próprio nome diz, é uma espécie de pin digital baseado em nuvem, para profissionais de mídia nas Olimpíadas de Tóquio. A proposta do aparelho é viabilizar a troca de informações sobre atividades diárias, ao mesmo tempo em que os usuários mantêm o distanciamento social para evitar os riscos da pandemia. 

Assim como outras empresas, o Alibaba também trabalha, em parceria com a americana Intel, para hospedar a tecnologia de rastreamento de atletas. Com o uso de técnicas de inteligência artificial do serviço de computação em nuvem Alibaba Cloud, a companhia pode analisar vídeos de atletas e gerar modelos tridimensionais deles para ajudar nos treinamentos.

Como você observou no artigo, a tecnologia pode viabilizar qualquer ideia e objetivo. Esse artigo é um resumo dos fatos relativos a tecnologia na Olimpíada desse ano. Existem muitas outras empresas e inovação que não foram citadas aqui.

Lembra da pergunta inicial:  o que tem a Olimpíada a ver com o mundo dos negócios? Agora você já pode responder. Mas vamos ajudar.

Tem a ver com análise de necessidades, pesquisas e busca de soluções. Se sua empresa é capaz de olhar para o mundo, ela é capaz de enxergar necessidades e inovar, quer seja trazendo mais segurança aos seus clientes, ou criando um aplicativo personalizado ou qualquer outra solução que tenha a ver com o seu negócio. Permita esse olhar e a tecnologia vai ajudar sua empresa a crescer e prosperar. Nós somos especialistas.

Deixe um comentário